terça-feira, 19 de outubro de 2010

Fiat Lux

Dragões Chineses para trazer sorte ao Blog!

Este é um blog de mitologia, sobre mitologia. Mas quando eu o criei pensei não apenas falar de mitologia, algo passado e fantasioso, já abandonado por muitos em tempos remotos e aparentemente sem nenhuma importância nos dias de hoje. Pensei em aplicar essa sabedoria das coisas, essa maneira de pensar e observar o homem antigo e suas crenças à vida cotidiana, à filosofia, à psicologia, à arte e, sobretudo, à poesia.
 
Fiz algumas tentativas utilizando a intertextualidade, mesclando textos literários com temas mitológicos e penso que assim obtive alguma originalidade, mas estou ensaiando um retorno; agora com um blog mais sério, mais vivo, talvez um pouquinho mais didático, apresentando as minhas perspectivas sobre o mito e seu valor na construção da cultura, da identidade e da literatura de um povo.
 
O ‘Mitologia de um Herói Vencido’ não é um blog simplista, requer um bom conhecimento do assunto, de pesquisa e estudo prévios para não comprometer a sua seriedade. Talvez a linguagem aqui seja diferente da usada nos meus outros blogues, até mesmo por assim exigir. Mas não se trata de nada acadêmico, de textos incompreensíveis e de difícil acesso ao leitor. Pelo contrário, opto pela descontração, e sempre que possível pela informalidade, para reescrever e comentar histórias já conhecidas e outras nem tanto.
 
A mitologia é um assunto amplo, rico, heterogêneo.  Não pretendo falar apenas dos mitos gregos e romanos tão popularizados no Ocidente, mas também abordar outros menos conhecidos, regionais, alguns evitados por razões preconceituosas ou por total estranhamento por parte do leitor.
 
Esta nau começa a traçar a sua rota e este herói, que vive perdendo batalhas, inicia hoje suas novas peripécias. Um trajeto longo e penoso, por vezes, lento e arrastado, que exigirá dos leitores paciência e fidelidade.
 
Como um bom herói moderno, deixo espadas e escudos de lado, conto com a pena, o livro e o computador, minhas armas nesta jornada, e a abençoada proteção das musas.
 
EVOÉ!

Um comentário:

Estela disse...

Nossa!!Fico orgulhosa de ser sua amiga!!!